0
0
0
s2sdefault

nige nhamisseNige Nhamisse, natural da localidade de madava, distrito de jangamo, província de Inhambane,78anos, vive sozinha pois o seu marido perdeu a vida e o seu único filho encontra-se na Africa do sul desde 1992 e nunca tem visitado a mãe. Recebe 310 mt do programa subsídio social básico, esqueceu-se o ano que ingressou no programa. Conheceu o programa através do secretário do bairro.


Antes de ser beneficiária ganhava o seu sustento na agricultura e em pequenos biscates que fazia nas machambas de outras pessoas, actividade que até hoje prevalece.
Com o valor do subsídio a beneficiaria conseguiu fazer poupanças e ergueu a sua casa coberta de chapas de zinco e rebocou o chau com cimento. Actualmente o valor é usado para pagar água (canalizada) e alimentos.


Para esta idosa, Mudou alguma coisa agora que é beneficiária do programa porque já conta com uma fonte segura de renda que a possibilita adquirir o básico para a sobrevivência.
A mensagem que fica é de pedido e gratidão “ com o ciclone aqui em Inhambane, a minha casa ficou muito estragada, peço apoio do governo para pelo menos cobrirem o tecto da minha casa e agradeço por estar a receber o subsídio da acção social, o dinheiro é pouco mais não podemos reclamar algo dado sem ter feito nenhum trabalho”

0
0
0
s2sdefault