0
0
0
s2sdefault

dia contra sidaO mundo celebra a cada 01 de Dezembro o Dia da Luta Contra o HIV/SIDA, sob o lema “Comunidades fazem a diferença na resposta nacional ao HIV e Sida”. Em Moçambique as cerimónias centrais decorreu na província de Nampula e foi presidido pelo presidente da república. As celebrações aconteceram um pouco por todo o país.


A Plataforma da Sociedade Civil Moçambicana para Protecção Social, participou nas celebrações na província de Nampula, Gaza (distrito de Chókwe), Província de Maputo (distrito da Manhiça) e Cidade de Maputo, através da subvenção feita aos seus membros/parceiros para prossecução das actividades da celebração desta data.

Ao longo destas províncias decorreram marchas, debates, campanhas de sensibilização, no sentido de chamar atenção a comunidade em geral para uma mudança de atitude em relação a novas infecções.

dia contra sida 1O HIV/SIDA, atinge o segmento mais produtivo da mão-de-obra, reduz os seus lucros, aumenta consideravelmente as despesas das empresas de todos os sectores de actividade porque reduz a produção, aumenta os custos do trabalho, conduz a uma perda de competências e de experiência. Representa, por outro lado, uma ameaça para os direitos fundamentais no trabalho, nomeadamente com a discriminação e a estigmatização de que são vítimas os trabalhadores e as pessoas que vivem com o HIV/SIDA ou que por ele são afectadas.

A epidemia, com as suas consequências, atinge mais profundamente os grupos vulneráveis, as mulheres e as crianças, uma vez que acentua as desigualdades entre homens e mulheres e agrava o problema do trabalho infantil.

Mais de 1 em cada 10 crianças menores de 18 anos (12%) é órfã de mãe ou pai ou de ambos, enquanto 16% dos agregados familiares em Moçambique têm um ou mais órfãos. As províncias de Gaza e Maputo Província, no sul do país, apresentam a proporção mais elevada de menores de 18 anos órfãos de mãe ou pai ou de ambos (19%).

A morte do chefe de família por HIV/SIDA, deixa um peso para a pessoa idosa na medida em que ela é responsável pelo sustento dos netos em situações em que os pais morreram vítima de HIV/SIDA, o que aumenta a vulnerabilidade desta camada e não só. Por estas razões, é importante investir na sensibilização para a mudança de comportamento de modo a evitar novas infecções pelo HIV/SIDA.

0
0
0
s2sdefault

footer logoPSCM-PS © 2016
Todos os direitos reservados.

LOCALIZAÇÃO
Primeira Rua Perpendicular a Padre João Nogueira No 35, bairro da coop.
Cidade de Maputo - Moçambique

Tel: (+258) 82 960 0331

Criação e Implementação: DotCom