0
0
0
s2sdefault

niassa casos de violencia contra meninaMais de 400 casos de violência doméstica deram entrada nos primeiros três meses deste ano no gabinete de atendimento a família e menores vítimas de violência doméstica da província de Niassa.
Segundo a chefe da instituição, Helena Casule, há registo de 103 episódios em comparação com igual período do ano passado.


Casule revelou que a agressão física, sexual, psicológica e moral são as que mais se destacaram. Cento e setenta casos foram classificados como sendo criminais, 210 civis e 22 de maus-tratos a menores.


Entre as denúncias, 27 foram feitas por homens contra as suas parceiras, 173 crianças sofreram violência diversa e 202 queixas foram apresentadas por mulheres contra homens.
Cazule afirmou que a maior parte dos episódios foram mediados com sucesso e outros submetidos a outras instâncias judiciais. Nestes últimos, inclui o caso de seis homens que violaram sexualmente igual número de menores.


Como forma de reduzir os índices de violência, Segundo a fonte, os cidadãos devem apostar no diálogo como a única via para ultrapassar as diferenças.
Por seu turno, Geraldo Macalane, porta-voz do governo provincial, deu a conhecer que no ano passado a provincial do Niassa registou 1019 casos de violência doméstica envolvendo todas as faixas etárias, sendo que deste número 702 são de mulheres que denunciaram os crimes praticados por homens.


In Notícias 19/05/2017

0
0
0
s2sdefault