0
0
0
s2sdefault

subsidio social basico abfrange cerca de 270 pessoas no distrito de chiuta provincia de teteCerca de 270 pessoas em situação de vulnerabilidade, nomeadamente pessoas idosas, crianças órfãs e mulheres chefes de família das localidades de Lumadzi e Nfigo, no distrito de Chiúta, na província de Tete, serão abrangidas pelo programa subsídio social básico, providenciado pelo Instituto Nacional de Acção Social (INAS).


No quadro do programa, os beneficiários vão receber mensalmente valores monetários que variam entre 310 meticais a 610 meticais, para suprir suas necessidades básicas, nomeadamente aquisição de bens alimentares e de higiene. A cerimónia de lançamento do programa foi presidida pela administradora do distrito de Chiúta, Rosa de Nascimento, que na ocasião, afirmou que os valores a serem disponibilizados vão, em certa medida, minimizar alguns problemas que afectam os beneficiários, sobretudo na aquisição de bens alimentares da primeira necessidade.


"Os montantes são poucos, mais vale do que nada, pois os beneficiários saberão como usa-los para resolver uma parte dos seus problemas sociais para sobrevivência``, disse Rosa de Nascimento.
De salientar que o distrito de Chiúta tem uma população estimada em 350.780 habitantes, de acordo com os dados do censo de 2007, ainda tem muita gente em situação de vulnerabilidade total, necessitando de apoio do governo para a sua sobrevivência.
Refira-se que o programa de subsídio social básico, beneficia 15.621 pessoas vulneráveis do distrito de Moatize, Chiúta, Dôa, Mutarara e Tsangano.

(In Noticias)

0
0
0
s2sdefault