0
0
0
s2sdefault

1 de JunhoA Primeira-dama da República, Isaura Nyusi, defende que a sociedade e governo devem conciliar esforços para eliminar os casamentos prematuros e a gravidez precoce. Isaura Nyusi falava, durante as celebrações centrais do dia internacional da criança, que decorreram no pavilhão do Estrela Vermelha, em Maputo.
A efeméride é celebrada para recordar os direitos e deveres que as crianças de todo o mundo têm. Os petizes pedem uma maior intervenção governativa para a sua protecção.


Este ano, o dia da criança é celebrado com o lema: "Vamos pôr um ponto final aos casamentos prematuros" e a Primeira-dama defende o envolvimento de todos para o alcance deste objectivo.


Do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) veio a promessa de transformar o mundo num lugar melhor para as crianças.
A festa da pequenada teve diversas actuações de dança, canto e contou com a presença de artistas conceituados.


In O País

0
0
0
s2sdefault