0
0
0
s2sdefault

size 960 16 9 3109

Moçambique registou um aumento de 17% nos casos de Malária em 2017, com 9.981.277 casos diagnosticados, contra 8.520.376 do ano anterior. 
Manica, Tete, Gaza e Inhambane foram as províncias com mais índices da doença.


Apesar do aumento de casos registados em 2017, dados do Ministério da Saúde indicam que houve redução no número de mortes. Foram registados 1.114 óbitos contra 1.685 de 2016. Os números representam uma redução de 33%.


Os dados foram avançados em Maputo, pela Ministra da Saúde, Nazira Abdula, na cerimónia de celebração do Dia Mundial da Luta contra Malária e do lançamento da campanha de Doação de Sangue.


In O País

0
0
0
s2sdefault