0
0
0
s2sdefault

populacao pede condicoes de saude sangaA Primeira-Dama da República continua em Niassa. Desta vez, visitou o distrito de Sanga, onde a população residente queixou-se da falta de ambulâncias e de condições para efectuar partos iminentes nas comunidades, já que não há transporte para se deslocar à unidade sanitária.


Na verdade, aquele foi mais um encontro de sensibilização sobre a importância da testagem e tratamento do HIV para as mulheres grávidas. Por isso, Isaura Nyusi exortou as mulheres a irem às unidades sanitárias mais próximas para consultas pré-natais. Nisso, a população local aproveitou a ocasião para expor as suas preocupações, dentre as quais a falta de ambulâncias.

“Nós tentamos fazer partos nas nossas comunidades por estarmos longe do hospital. Para evitar mortes, pedimos instrumentos para usar, porque sabem que nós precisamos. Pedimos ambulância, porque muitos doentes morrem na estrada’’, disse Amélia Águibo, Matrona daquela comunidade.


Isaura Nyusi realçou a importância dos partos institucionais e pediu respostas ao Governo local para as preocupações da população do distrito de Sanga.
Por sua vez, o Director Provincial da Saúde em Niassa, José Manuel, reconheceu as dificuldades existentes naquele distrito.


In O País

0
0
0
s2sdefault