0
0
0
s2sdefault

JA HÁ DINHEIRO PARA PAGAMENTO DE SUBSIDIOS AOS IDOSOS DOS PROGRAMAS DE ACCAO SOCIAL EM CHIMOIOO Instituto Nacional de Acção, Delegação de Chimoio, disponibilizou 25 milhões de meticais para pagar os mais de 22.450 idosos de oito distritos da Província de Manica, que durante os meses de Outubro, Novembro e Dezembro de 2017 não receberam os seus subsídios devido a crise económica.
O facto foi revelado por Armando Tangai, Delegado do INAS, na região de Chimoio, que compreende, para além da capital de Manica, os distritos de Mussurize, Machaze, Gondola, Sussundenga, Macate, Vanduzi e Manica.


Falando no decurso do lançamento do Programa Acção Social Produtiva (PASP), que teve lugar no distrito de Sussundenga, Armando Tangai revelou, igualmente, estarem disponíveis nove milhões de meticais para o pagamento de dois meses de atraso nos distritos da região norte da província, nomeadamente Bárue, Guro, Macossa e Tambara.


Tangai confirmou que o processo de pagamento dos subsídios em referencia já esta em curso nos distritos abrangidos. O montante para o efeito foi disponibilizado pelo Governo central que, segundo a fonte, já colocou a disponibilização do INAS, em Manica, o valor atinente ao pagamento de subsídios para este ano de 2018.
O atraso no pagamento dos subsídios em causa resultou da conjuntura económica que nos últimos anos flagela o país, afectando, igualmente, os programas de assistência social a pessoas em situação difícil.


Com o bolo que estava disponível em 2017, segundo a fonte, o INAS em Chimoio conseguiu apenas cobrir os primeiros nove meses, tendo pago de Janeiro a Setembro. Os beneficiários afirmaram, há dias, que, com a ausência dos subsídios em causa, estavam a passar fome, sublinhando que o problema foi agravado pelo facto de não haver, desde Outubro do ano findo, qualquer justificação das autoridades responsáveis.


In Notícias.

0
0
0
s2sdefault