0
0
0
s2sdefault

O conhecimento das organizações governamentais e não-governamentais, bem como os seus feitos na área da PS permite falar e discutir com autonomia e precisão sobre os assuntos relacionados com PS e contribuir para que se imprima a dinâmica de exigência de melhorias visíveis, à altura das necessidades dos beneficiários, de forma harmonizada.

A medida que for se influenciando as políticas e práticas do governo sobre os assuntos da PS exigira uma monitoria e avaliação constante das actividades implementadas e ou dessas mesmas políticas, de modo a garantir a sua efectivação envolvendo a Sociedade Civil a todos níveis que trabalhem na área de protecção Social e os próprios beneficiários através da consciencialização de que a PS é um direito consagrado de acordo com a lei 4/2007 de 7 de Fevereiro. Ainda neste processo devera-se fazer a divulgação dos instrumentos de governação as comunidade, os critérios de acesso aos serviços de PS bem como os valores alocados para cada beneficiário de modo a que eles próprios possam ter instrumentos suficientes para fazer uma monitoria dessas acções (MMAS/INAS).

0
0
0
s2sdefault